sexta-feira, 24 de maio de 2013

7 razões para assistir (e amar) Sherlock



Oi, como você está se sentindo nesse momento? 
Ontem eu terminei a segunda temporada da série britânica Sherlock e posso dizer que é a minha série favorita, sem dúvida. Não que eu tenha assistido a muitas séries na minha vida mas essa é a melhor até agora. E sinceramente acho meio difícil alguma outra conseguir bater... 
A série conta a história do detetive mais famoso da literatura, expert em dedução, que resolve crimes aparentemente impossíveis só com esse "dom". Consegue ser contemporâneo, atual e mesmo assim bem fiel e cheio de referências à obra de Sir. Arthur Conan Doyle.



Todo mundo no planeta precisa assistir a essa série... não te convenci? Veja 7 razões pra assistir (e amar) Sherlock:

1. As deduções de Sherlock:

Sherlock Holmes é O cara. Suas deduções são rápidas e eficazes, e com elas ele consegue desvendar os crimes que aposto que ninguém mais conseguiria (Por exemplo, Sherlock descobriu o cativeiro de duas crianças sequestradas por causa da pegada do sequestrador no local onde elas viviam). Ele apresenta tudo muito rápido, e no primeiro episódio da primeira temporada eu tive que dar uma pausa em certo momento do episódio pra absorver todas as informações. Mas isso só no primeiro... no segundo eu já tinha me acostumado e não vi mais problema nenhum a partir de então. 

2. O ritmo ágil:

Mesmo com os episódios muito longos (depois vou falar mais sobre isso) em nenhum momento a história é arrastada. É sempre muito ágil, tudo acontecendo rapidamente e as pistas e deduções passando rapidamente por seus olhos. É uma série em que você tem que prestar atenção, porque cada coisinha pode voltar à tona mais pra frente, mas isso não é nem um pouco difícil. A história prende a sua atenção e mesmo que pessoas estejam fazendo barulho no cômodo ao lado você não vai se distrair (pelo menos o que aconteceu comigo. Eu odeio que façam barulho perto de mim quando estou assistindo alguma coisa e quero prestar atenção e com Sherlock eu nem reparava nos barulhos ao redor). 

3. Os desfechos surpreendentes:

Cada episódio de Sherlock é mais surpreendente que o anterior. Você pode bolar alguma teoria, mas em 99,9% das vezes o que acontece de verdade é completamente diferente (e sempre mais legal do que imaginamos).

4. A trilha sonora:

Eu amo a trilha sonora de Sherlock, sério. A música de abertura é a minha favorita, mas todas elas são boas e acompanham bem os momentos em que são colocadas. 

5. O humor:

Um dos melhores pontos também é o humor. É um humor refinado, discreto, situações que fazem você rir sem forçar nada. Nada pior do que cenas em que o personagem praticamente pára, olha pra você através da tela e fala "Ei, agora é a hora de rir, tá?".

6. As temporadas mais curtas e os episódios mais longos:

Pra mim quanto mais episódios melhor, mas no caso de Sherlock dá pra abrir uma exceção. As temporadas têm apenas três episódios (a primeira teve quatro por causa do piloto, mas é algo completamente isolado que não faz falta se não for assistido. É, resumindo, o primeiro episódio, só que contado de forma um pouco diferente. Apenas detalhes pequenininhos, se você quiser assistir direto pro primeiro episódio pode. Por exemplo, no piloto John e Sherlock se conhecem e resolvem o primeiro caso juntos. O primeiro episódio conta a mesma coisa, só que com muito mais detalhes). Os episódios, ao contrário de todas as outras séries que eu já vi que têm 40 ou 50 minutos, têm por volta de uma hora e meia. E é a duração perfeita. Não dá pra imaginar toda a história de cada episódio reduzida a 40 minutos ou menos. 

7. As atuações impecáveis:

Os atores foram muito bem escolhidos, as atuações são impecáveis. Não é um exagero, todos atuam muito bem mesmo. Tenho que dar parabéns especiais a Benedict Cumberbatch e Andrew Scott, que interpretam respectivamente Sherlock e Moriarty, o grande vilão da história. Benedict interpreta tão bem Holmes que depois de assistir à série não dá pra imaginar o detetive vivido por outro ator que não seja por ele (desculpa Robert Downey Jr.). E Andrew... Moriarty consegue realmente ser odiável, desprezível, um ótimo psicopata, se podemos dizer assim. É asqueroso. Sério, é muito bom. As cenas entre Sherlock e Moriarty são algumas das melhores de toda a série, eu imagino como são os bastidores delas. São naturais, nada forçado. Aliás nada é forçado, tudo está na medida certa.


Enfim, esses são os 7 maiores motivos (mas há vários outros também) pra você que nunca viu Sherlock parar o que está fazendo e correr assistir. A terceira temporada está em produção, e pelo que eu ouvi chegará entre dezembro e janeiro de 2014. É, demora pra caramba mas vale a espera...
Espero que tenham gostado, até o próximo post ;D


Um comentário:

  1. Eu não gosto muito desse tipo de séries, filmes, livros.. que envolvam crimes e tal.. então peço desculpa :3
    A minha série favorita é Once Upon a Time (morrendo de ansiedade pela 3ª temporada. Também gosto de Ghost, Glee e Gossip Girl mas nenhuma dessas séries eu vi até ao fim, mesmo tendo começado a assistir muito antes de OUAT.
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir