domingo, 6 de julho de 2014

Os 9 melhores momentos da quarta temporada de Game of Thrones



Oi, como vai?
Hoje estou aqui para falar sobre a quarta temporada da série Game of Thrones, da qual sou muito fã (novidade). Já falei sobre outras temporadas da série, exaltando sua qualidade, suas atuações incríveis, seu ótimo roteiro, entre muitas outras coisas, então não passarei mais um post falando a mesma coisa (embora seja sempre bom reafirmar). Decidi, então, fazer um post com os melhores momentos da última temporada. Assisti a todos os episódios em dia, mas, além da falta de tempo, não queria fazer um post tão recheado de spoilers como esse será enquanto muitos ainda nem assistiram. Agora, creio que já se passou tempo o suficiente e não haverá problema algum. A quarta temporada, assim como a terceira, abrangeu os acontecimentos do terceiro livro, Tormenta de Espadas, o meu favorito da série As Crônicas de Gelo e Fogo.
Vamos lá?


9. A risada de Arya



Essa cena foi uma das mais engraçadas da temporada. Com o anúncio da morte de Lysa, tinha tudo para ser algo lamentoso, um tanto piegas, e foi surpreendente (e muito engraçado) ver a reação de Arya depois de passar por isso (passar um bom tempo viajando para chegar ao destino e descobrir que um parente morreu) mais uma vez (o que também não é engraçado, mas muito irônico). 

8. Duelo entre Sandor e Brienne



Adorei esta cena por mesclar ação e humor. Não sei se era exatamente essa a intenção, mas ao mesmo tempo que ficava tenso começava a rir com alguns movimentos e golpes. Não consegui (culpa daqueles que postaram) colocar o vídeo em si aqui, mas se alguém quiser acessá-lo e relembrar os momentos é só clicar aqui.

7. O discurso de Tyrion



Todos sabemos que Tyrion é um dos melhores personagens não só da série, mas de todas as histórias existentes, e nesta cena do episódio 4x06, só confirma o que já sabemos. Uma das melhores cenas da temporada e da série em geral, nos mostra o quão excelente ator Peter Dinklage é e o quanto ele merece prêmios e mais prêmios por isso. Clique aqui para assistir à cena épica.

6. O Casamento Roxo



Desde o início esperamos que algo de muito ruim acontecesse a Joffrey, o personagem mais insuportável da série e que adoramos odiar. Eis que esse momento finalmente chegou, em uma cena sensacional e em uma morte mais do que merecida (embora muitos ainda quisessem uma morte mais dolorosa para o personagem). Não achei um vídeo inteiro postável, então a coloco dividida em duas partes, só para relembrar um dos momentos mais felizes da temporada. 

5. Daenerys trancando seus dragões


Depois de descobrir que Drogon, seu maior dragão, havia matado uma criança, Dany trancou seus dois outros dragões, Rhaegal e Viserion, em uma espécie de cripta em Meereen. É uma cena sensacional, e dá um certo aperto no coração. Isso nos mostra também o quão boa é a atuação de Emilia Clarke (não posso falar sobre a série sem elogia-la), e o quão bons são os efeitos especiais e o cuidado na criação do visual dos dragões.

4. Conversa entre Tyrion e Oberyn


Esta cena, devo admitir, quase me arrancou lágrimas. Mesmo com todas as mortes chocantes de personagens que adoramos e as reviravoltas em seus destinos, nunca pensei que chegaria a quase chorar, o que aconteceu aqui. Nesta cena, que parece um tanto simples, Oberyn e Tyrion conversam na cela do anão, o dornense lhe contando uma história de quando Tyrion era ainda um bebê. É uma cena muito sentimental, e a excelente atuação de ambos prende de tal forma que não há como não se deixar levar. Pedro Pascal está excelente, e foi um ótimo Oberyn Martell, mas a expressão de Peter Dinklage, que começa a cena já devastado (afinal, sua execução acabara de ser decretada) e acaba com os olhos brilhando de lágrimas é muito tocante, o que me obriga a reafirmar que o ator merece ainda mais prêmios. Além disso, é a cena em que Oberyn se oferece para ser o campeão de Tyrion em seu julgamento por combate. Sensacional!

3. Tyrion, Shae e Tywin


Não é difícil imaginar o porquê de esta cena ter ficado entre as minhas favoritas da temporada. É uma das cenas que eu mais esperava, e a maior reviravolta na história de Tyrion, que o coloca no caminho para outro continente. Trata-se da cena em que ele mata Shae, que realmente amou e acreditou que era recíproco, e seu pai, que o desprezou e maltratou durante toda a sua vida. Eu poderia exaltar mais uma vez a atuação de Peter Dinklage, mas acho que não é mais necessário, né?

2. The Watchers on the Wall


Enquanto nos outros itens escolhi cenas, aqui elejo o episódio inteiro como um dos melhores. Como todo episódio 9 de Game of Thrones, este não poderia deixar de ser sensacional. Na primeira temporada, a execução de Ned Stark, na segunda, a batalha de Blackwater. Na terceira temporada, o Casamento Vermelho (e bota vermelho nisso!) e agora, a batalha entre os selvagens e os patrulheiros na Muralha. O episódio todo se passa na Muralha (que não é dos plots mais interessantes, mas que conseguiu ser incrível e segurar muito bem o episódio), e é de tirar o fôlego. Não há momentos de descanso, não há momentos em que a história fique parada, e, com um ar de superprodução cinematográfica, é ótimo do início ao fim. Escolho, para representar o episódio, a cena em que Grenn e outros patrulheiros defendem o túnel de um gigante, enquanto repetem o juramento da Patrulha da Noite, que é sensacional. Neste episódio também morre Ygritte, mas por mais que eu a adorasse, não conseguiu emocionar como esta cena conseguiu.

1. A morte de Oberyn



Finalmente, a melhor cena da temporada, e uma das mais chocantes da série (um páreo duro para o massacre que foi o Casamento Vermelho). Trata-se do julgamento por combate de Tyrion, no qual Oberyn Martell e Gregor Clegane (conhecido também como Montanha por, bem, ser gigantesco) duelam, e foi a cena que mais ansiei para ver na série desde que a li. O dornense, um dos destaques da temporada, buscava vingança pelo estupro e assassinato de sua irmã e seus filhos. Eis que a conseguiu, mas, impiedosamente falando, não sobrou para contar a história. Sua morte foi, de longe, a mais chocante da série, graças às ótimas atuações e os incríveis efeitos visuais. Fico muito curioso para saber como foram os bastidores desta cena, afinal não deve ser nada fácil estourar a cabeça de alguém.

Estas foram as minhas cenas favoritas da quarta temporada de Game of Thrones, que já considero uma das melhores (esta e a primeira temporada são as que mais gosto). De início, esperava que os livros Festim dos Corvos e Dança dos Dragões fossem introduzidos, mas agora, avaliando num geral, achei perfeita por contar somente os fatos do final do terceiro livro, que não canso de dizer que é o meu favorito da série. Tormenta de Espadas é, digamos, o grande ponto de virada da série, quando os personagens ganham rumos que não podíamos sequer imaginar.
Esta temporada foi a que mais se distanciou do livro em alguns aspectos, acrescentando coisas novas (e um tanto desnecessárias) para que as duzentas páginas finais do livro se encaixassem em dez episódios. Como por exemplo, a batalha dos patrulheiros na fortaleza de Craster e o quase encontro de Jon e Bran. Foram boas cenas, mas não mudaram nada na história, que voltou a seguir seu curso normal fiel à obra literária.
E, por falar em livro, os roteiristas marotos nos deram um spoiler de algo que nem o último volume publicado mostra, que é o destino dos filhos de Craster depois que são entregues a uma "entidade" como oferenda. Provavelmente se trata de algo que será explicado melhor em Winds of Winter, mas certamente pegou de surpresa os fãs leitores e nos colocou na mesma posição que aqueles que somente assistem a série, sem ideia do que viria a seguir.
Mal posso esperar pela quinta temporada, mesmo um tanto ressabiado por conta de mudanças anunciadas. Foi anunciado que Lady Stoneheart (que esperei ansiosamente na season finale) não aparecerá na série, e todos aqueles que leram sabem que ela não é só alguma personagem legal porém dispensável, mas alguém importante que interfere nos rumos de outros personagens. O que farão para consertar? Não sei, mas estou bastante curioso para descobrir.
Todos os elogios imagináveis dispenso a esta temporada, e não somente porque não consigo ser imparcial com a série, mas porque ela é realmente boa e faz jus a todos eles.

Espero que tenham gostado, até a próxima ;D

5 comentários:

  1. Gente, que série sensacional! A cada temporada só melhora é impossível isso!!!
    Concordo com todos os momentos, mas teria incluido na lista também a morte da Lysa e o quase reencontro dos irmãos stark que foram bem marcantes!
    Beijos

    http://itsfangirltime.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, vim dizer que está em tag no meu blog: http://minhas-serendipidades.blogspot.com.br/2014/07/tag-sugestoes.html?m=1
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá!! Qual a política de vocês a respeito de parceria com autores? Escrevi meu livro recentemente estou procurando blogs e outros meios para resenhá-lo, vocês aceitam? Mande-me um e-mail com a resposta, caso aceite, para yesvinicius@hotmail.com
    Lindo blog! Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi, Adan!
    Tô de cara até hoje com a cena do filho do Craster! Li os 5 livros e aquela cena me pegou de surpresa!
    E a cena da luta "Viper Vs. Mountain" foi épica!!!
    A risada da Arya foi uma cena hilária mesmo, fiquei rindo por um bom tempo.
    Tbm fiquei meio decepcionado não só com o não aparecimento da Catelyn como o do Mãos-Frias também. Achei que ele poderia ter alguma relação com o Benjen Stark.
    Enfim, mesmo assim a série está muito bem adaptada mesmo, merece aplausos!
    =D

    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Não li o post porque ainda não assisti a quarta temporada!
    Não quero spoiller, sabe como é né?! *o*
    Bjoss

    http://www.fotografiaeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir